Sara Vieira é o nome da artista, natural do Alqueidão da Serra, que vai marcar presença na oitava edição da Bienal Internacional de Arte, que terá lugar entre os próximos meses de agosto e setembro em Pequim, na China.

No festival, deste ano, cujo tema é Um mundo colorido e um futuro compartilhado, vão estar representados 125 países, incluíndo Portugal. A Bienal de Pequim tem-se afirmado como um dos principais eventos do circuito internacional de artes visuais, onde constam exposições de pinturas e esculturas de artistas de todo o mundo.

Sara Vieira vai expor o seu projeto artístico, denominado de Protect our Land que em português significa Protege a tua Terra. A composição plástica reflete a visão da artista sobre a diversidade existente no mundo e a compreensão da vida como uma «bela oferenda». Através de linhas, texturas e planos, o trabalho assenta numa interpretação gráfica do “mundo interior” da autora. O verbo “proteger”, patente no nome do projeto, não foi escolhido ao acaso e recai precisamente na necessidade de haver uma mudança no mundo. «Hoje o tempo urge e precisamos dessa mudança. A nossa terra precisa dos seus protetores para que o mundo continue policromático com um futuro a ser partilhado», salienta.

Licenciada em Artes Plásticas e mestre em Educação Artística e Gestão Cultural, a jovem alqueidanense está a viver atualmente em Versalhes e trabalha em projetos de mediação artística na Fundação Anticipations e Galerie des Galeries, em Paris.