Foto: Catarina Correia Martins

Foram atribuídos dois novos pelouros ao vereador da Câmara Municipal de Porto de Mós, Marco Lopes. Os pelouros dos Serviços Municipais e da Requalificação e Gestão de Espaços Urbanos juntam-se aos da Modernização Administrativa, da Informática e Sistemas de Informação, da Formação Profissional, da Inovação e Empreendedorismo e da Gestão e Manutenção de Edifícios que já estavam sob a responsabilidade do vereador, eleito pelo movimento independente AJSIM.

«Estava já há algum tempo a apoiar o presidente [do Município] nos Serviços Municipais», só não tinha a responsabilidade do pelouro, começa por explicar Marco Lopes. Quanto à outra área que agora lhe foi atribuída, o vereador considera que «vai um pouco ao encontro dos Serviços Municipais, está tudo ligado». «Sinto-me à vontade nestes pelouros, basicamente é um pouco o que faz um presidente de Junta», refere o autarca que antes de estar na Câmara Municipal, esteve à frente da Freguesia do Juncal.

O vereador afirma sentir-se «bem» com este «voto de confiança»: «Desta forma percebo que o executivo tem confiança em mim e que estou a fazer um bom trabalho», salienta. Marco Lopes é o único vereador da oposição com pelouros atribuídos.