Ana Monteiro

A COVID-19 e os animais de companhia

9 Mai 2022

Na edição anterior falei sobre a importância da vacinação nos animais de companhia. Indo ao encontro desse tema, achei que seria agora oportuno abordar a tão falada COVID-19 e os animais de companhia.

Como é sabido de todos, a COVID-19 pertence a uma família de vírus chamada Coronaviridae e surgiu em 2019, mas será que este é mesmo um novo vírus? A resposta é não. Esta família de vírus já existe há muitos séculos nos animais e até mesmo nas pessoas. Nos cães a infeção comum provoca diarreia leve, enquanto que em gatos pode causar a chamada peritonite infeciosa felina (PIF). Estes coronavírus não estão associados ao surto de coronavírus a que estamos a assistir. Mas então surge a questão: há risco de infeção e transmissão da COVID-19 entre os seres humanos e os nossos animais de companhia?

Até à data não existem evidências científicas de que os cães e os gatos possam infetar ou transmitir o vírus, no entanto estudos recentes revelam que o contrário pode acontecer em caso de grande contacto dos animais com os seus donos infetados, sendo os gatos mais propensos a serem contagiados. Outro fator a ter em conta é a possibilidade dos animais transportarem o vírus de um dono infetado para o outro não infetado, servindo estes como meio de transporte, tal como as nossas roupas.

Caso o animal desenvolva qualquer tipo de doença após o contacto com alguém doente, antes de o levar a uma consulta onde costuma ser habitualmente acompanhado, deverá ligar a informar do sucedido de forma a que os profissionais se possam informar como deverão proceder.

Infelizmente, apesar de já convivermos com esta doença há muito tempo, a informação relativa à COVID-19 e animais de companhia está em constante evolução e novos dados surgem a cada dia, por isso e tendo em conta todos estes fatores, recomendo o limite de contacto com o animal de estimação e, caso isso não seja possível, ter com eles as mesmas regras de conduta higiénica que temos no contacto com outras pessoas, pois acima de tudo não queremos colocar os nossos animais em risco.

Share This