Quando o Amor Transforma – Mensagens Intuitivas é o título do livro que foi, durante 13 anos, o sonho de Susana Laranjeiro e que é agora uma realidade. Não é natural do concelho, mas é cá que vive há quatro anos, mais precisamente em Penedos Belos, freguesia de São Bento, para onde veio porque queria «voltar à aldeia» e onde o seu marido tem raízes familiares. Educadora social de formação, tem vindo a desenvolver vários projetos comunitários, mas a escrita foi desde sempre um refúgio, que culminou neste livro, lançado no final de 2020.

E que livro é este? «Não é um livro comum, de romance e de leitura contínua. É um livro constituído por 153 mensagens intuitivas, tem 44 ilustrações e 11 mensagens encriptadas por um QR code (código de barras). O objetivo é que o leitor abra qualquer página que será sempre a mensagem certa para aquele momento. Normalmente tem algum pensamento positivo ou alguma sugestão de ação que possa ajudar no processo em que a pessoa se encontra», explica a autora.

Susana Laranjeiro esclarece ainda qual o intuito das mensagens encriptadas: «As 11 mensagens estão espalhadas pelo livro com um código. Basta a pessoa passar com a câmara do telemóvel nesse código que direciona para um link que remete para o meu blogue e para as mensagens. Essas mensagens são para enviar a 11 pessoas diferentes. Ou seja, o leitor partilhar a essência do livro e quem sabe, mudar o dia dessa pessoa».

As mensagens presentes neste livro resultam de momentos conturbados que Susana Laranjeiro viveu. «Aos 18 anos tive uma depressão, foi uma fase difícil, cheguei mesmo a tentar o suicídio e foi a escrita que me ajudou a superar essa fase», recorda. A depressão esteve ligada a problemas na infância e que voltaram à memória na adolescência, coincidindo com «uma relação amorosa que terminou». Nessa fase escrever foi «uma âncora»: «Senti necessidade de escrever mais e sentia que o que escrevia era muito intuitivo. Às vezes acordava de noite para escrever e se não acordasse, aquele conceito desaparecia da minha cabeça». O que Susana Laranjeiro não entendia era «porque estava a demorar tanto a editar o livro, mas faltava sempre alguma coisa» e hoje percebe porquê. «Às vezes é preciso maturidade e ter alguma experiência para desenvolver determinados projetos», salienta. Chegou a ter uma editora interessada, mas o que tinha que investir de forma inicial, não lhe era possível. «Agora, editei o livro a título pessoal, através da Amazon, que não exige um mínimo de livros», explica.

O título do livro é também fácil de explicar para a escritora. «Eu acredito que o amor transforma, porque foi o que me transformou de alguma forma. Eu achava que o amor estava sempre fora de mim, daí a depressão. Mais do que tudo, é importante termos amor por nós mesmos e só assim podemos amar os outros», salienta. O livro foi editado também em inglês, «para chegar a mais pessoas» e pode ser adquirido através da Amazon ou através do e-mail ([email protected]) e das redes sociais da autora. No seu blogue (https://maeyin.pt/) estão as informações sobre como encomendar.