Foi com o objetivo de que «todos se sintam mais confiantes e seguros» que a ACILIS – Associação de Comércio, Indústria, Serviços e Turismo da Região de Leiria decidiu lançar um selo a que deu o nome de “Estabelecimento Seguro”, um sistema de reconhecimento e distinção, que se destina aos setores do Comércio e Serviços e Restauração e Bebidas.

«O selo foi criado para reconhecer que os estabelecimentos aderentes assumem, de forma voluntária, responsável e profissional, o compromisso de cumprirem um conjunto de regras e boas práticas em termos de segurança, higiene, saúde e de distanciamento social», explica a associação num comunicado de imprensa. Segundo o mesmo documento, esta iniciativa integra «as medidas de apoio à retoma da economia e reabertura dos estabelecimentos» e visa que, com base nas regras e orientações fixadas para o contexto da atual pandemia, se possa «avaliar, valorizar e enaltecer os compromissos de qualidade de serviço e boas práticas de higiene e segurança assumidos pelos estabelecimentos aderentes» da ACILIS.

As empresas que desejarem que lhes seja atribuído o Selo “Estabelecimento Seguro” devem fazer o pedido através do preenchimento de um formulário eletrónico ou, se preferirem, de forma presencial deslocando-se aos serviços da ACILIS, em Leiria. A adesão ao Selo é voluntária, gratuita e tem a validade de um ano. Caso o pedido de atribuição seja aceite, o selo estará visível no exterior dos estabelecimentos e o regulamento, sendo público, irá constar do site da ACILIS para consulta.

A associação esclarece contudo que, o selo apenas será atribuído aos estabelecimentos dos associados da ACILIS que «assumam, sobre compromisso de honra, o cumprimento integral de um conjunto de requisitos fundamentais» e adianta que irá verificar «o cumprimento dos compromissos fundamentais», ou seja, se os estabelecimentos em causa se enquadram no setor de Comércio e Serviços e Restauração e Bebidas.

A ACILIS é uma associação que junta empresas de comércio, indústria, serviços e turismo, dos concelhos de Leiria, Batalha e Porto de Mós.