«Esta nova ferramenta representa um marco nesta associação». Foi desta forma que Manuel Nunes apelidou o GIDO – Gestão de Infraestruturas Desportivas online, uma iniciativa «inovadora» em que a Associação de Futebol de Leiria (AFL) é a primeira do país a colocar online uma plataforma sobre instalações desportivas, nomeadamente campos de futebol e pavilhões.
«Desta forma, as vistorias aos campos e pavilhões vão deixar de ser feitas em papel e vai-nos permitir ter um conhecimento real das instalações que temos, se temos campos ou pavilhões a mais ou a menos em certas zonas. Vai-nos ajudar a ter indicadores que inclusivamente podem ajudar a definir políticas públicas», sublinhou o presidente da AFL, na sessão de apresentação do projeto no passado dia 18.

Manuel Nunes contou ainda a génese do projeto, quando a direção da AFL lançou há cerca de quatro anos o desafio ao Instituto Politécnico de Leiria (IPL) para propor a criação de uma plataforma de infraestruturas sobre as instalações desportivas no distrito. A ideia foi tomando forma e os alunos do curso de Engenharia Informática apresentaram um protótipo desta plataforma que, posteriormente foi desenvolvido pela Janela Digital, empresa de suporte tecnológico de Óbidos, que apresentou agora o produto final.

Nesta ferramenta online é possível consultar a localização dos campos, as medidas, a capacidade das bancadas fixas, a dimensão dos balneários, as distâncias de segurança, o tipo de piso, entre outras opções disponíveis. Os clubes filiados na AFL terão ainda acesso imediato às vistorias realizadas onde será possível consultar o histórico dos últimos anos.
Num processo de atualização constante, o GIDO fornece informações relevantes para os clubes, dirigentes, adeptos e todas as pessoas envolvidas com a modalidade assumindo-se como uma importante ferramenta de trabalho para o desenvolvimento do futebol distrital. Futuramente, numa segunda fase, vão ser inseridos dados demográficos da população, dos praticantes ten­do em vista o cruzamento de dados e a realização de estudos, adiantou Ricardo Gomes, presidente do Conselho Técnico da AFL.

Também presente na cerimónia esteve o portomosense Júlio Vieira, ex-presidente da AFL e atual dirigente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF). O mentor do projeto acredita que esta ferramenta pode ainda ajudar a FPF no processo de Certificação das Entidades Formadoras e explicou que «o ideal» seria que o GIDO fosse implementado «nas 22 associações do país», recordando que muitas das inovações tecnológicas que estão atualmente implementadas no futebol nacional «nasceram em Leiria», através da AFL e do IPL.
Os interessados podem aceder a toda a informação do site em http://infraestruturas.afleiria.com.

José Roque | texto
AFL | fotos