Dar voz à idade é o nome da exposição que vai ser inaugurada já este sábado, dia 30, pelas 16 horas no adro da igreja do Alqueidão da Serra. A presidente da associação alqueidoense que dinamiza a iniciativa, a Alecrim e Salva, Helena Batista, explicou que a mostra com retratos de pessoas idosas, pretende «valorizar as pessoas da terra, mais especificamente aquelas com alguma idade». Helena Batista mostrou-se satisfeita com o resultado final das fotografias, felicitando a fotógrafa, também natural do Alqueidão da Serra, Ana Rodrigues, que nas palavras da presidente da associação fez um «excelente trabalho».

Destacar as pessoas com mais idade, valorizando a sua presença na comunidade, é um dos objetivos da exposição, que quer ainda «desafiar as pessoas a reconhecer a beleza das rugas, o sentido e o poder dos traços», destaca Helena Batista.

Esta iniciativa contou com a participação de 69 pessoas, com mais de 85 anos, da freguesia do Alqueidão da Serra, que aceitaram ser fotografadas, representando assim a população mais idosa desta freguesia. A dirigente da associação diz que, no total, são 61 quadros com os retratos a preto e branco em exposição, sendo que alguns deles retratam o casal e outras apenas uma pessoa.

Helena Batista conta que «todos os idosos convidados aceitaram o desafio de serem fotografados» e que era visível «a satisfação das pessoas por se encontrarem umas com as outras». A responsável considera que toda a experiência revelou ser «muito boa para todos» também pelos momentos de convívio, pela partilha de histórias e pelos reencontros, proporcionados por esta atividade.

A exposição Dar voz à idade, que pretende passar a mensagem de valorização dos mais idosos e de respeito pelas suas vivências, pode ser visitada durante todo o mês de agosto, a qualquer hora no centro do Alqueidão da Serra.

Catarina Correia Martins | revisão