“Ajudar, nunca foi tão doce”, quem o garante é Associação Serviço e Socorro Voluntário de São Jorge (ASSV São Jorge) que lançou uma campanha a favor da população mais idosa. Numa altura «em que as famílias estão proibidas de dar beijinhos ou transmitir carinho nas formas convencionais, decidimos lançar uma campanha que colmata, de alguma forma, esta falta de transmissão de carinho», explica Andreia Pereira, assistente social da ASSV São Jorge. A venda destes beijinhos (bolos tradicionais) vai reverter para «um objetivo maior», o de «ajudar a população idosa da comunidade», isto porque a associação começou a perceber que «com esta situação em que as condições socioeconómicos se têm vindo a agravar, os idosos deixaram de comprar a medicação que necessitam».

Os doces são feitos pela pastelaria Atelier do Doce, com a qual a ASSV São Jorge fez uma parceria, mas depois os sacos onde estes doces são vendidos «são personalizados» pela associação: «As pessoas podem escolher a frase que pretendem colocar e o fundo da imagem». O envio é também da responsabilidade da associação. Há já uma página de Facebook com o nome da campanha, onde pode encontrar o acesso ao formulário para encomendar ou pode ir diretamente à página da associação. Da venda de cada saco de beijinhos, reverte 1,50€ para a população idosa.