A Câmara Municipal de Porto de Mós está a trabalhar com as IPSS e as associações que asseguram os ATL, no 1.º Ciclo, no sentido de se tentar uma maior uniformização dos valores pagos pelas famílias, disse o presidente da Câmara, na última reunião deste órgão.

Respondendo à vereadora do PS, Sofia Caetano, o autarca afirmou que o assunto está a ser estudado e que uma das formas de tornar os preços mais justos e uniformes poderá ser a criação de horários diversificados. Assim, os pais em vez de, muitas vezes, pagarem por um dia completo, pagariam apenas, consoante o período em que necessitam efetivamente desse serviço.