Bernardo Cunha, do Grupo Desportivo das Pedreiras (GDP), conseguiu o segundo lugar no Troféu Ibérico de Provas Combinadas Sub-18 em Pista Coberta, que decorreu em Madrid, nos dias 1 e 2 de março. Esta foi a primeira internacionalização do atleta e também a primeira vez em que um elemento do GDP vestiu a camisola da seleção nacional. Para se qualificar para este troféu, Bernardo Cunha precisava de ficar nos primeiros quatro lugares no campeonato nacional, provação que superou largamente, uma vez que conseguiu mesmo conquistar o primeiro lugar.

Ao nosso jornal, o jovem disse que se sentiu «mesmo muito emocionado» e «sem palavras» quando percebeu que tinha conseguido a prata na prova ibérica e que a sua primeira reação foi «abraçar o treinador». «Apesar de o atletismo ser um desporto individual, repito o que um dos treinadores que nos acompanhou disse: “É um desporto individual a dois”, que é o atleta e o treinador, se não fosse ele, eu não tinha conseguido nada daquilo», salienta. Bernardo Cunha disse ainda que «representar o clube [das Pedreiras] foi mesmo um orgulho», já que o GDP «tenta sempre ajudar da melhor forma e dar as melhores condições» aos seus atletas.

O clube já se havia mostrado «orgulhoso», quando fez uma publicação na sua página de Facebook a informar que Bernardo Cunha iria ao torneio ibérico, dizendo mesmo que este era «um feito histórico». Dias antes da partida do atleta para a vizinha Espanha, também na página do GDP foi publicado um vídeo com vários testemunhos de colegas atletas, familiares e da estrutura do clube, com palavras de apoio e incentivo ao jovem. De regresso aos treinos “em casa”, Bernardo Cunha diz ter sido recebido «da melhor forma»: «Deram-me muitos parabéns, fizeram uma festa enorme, houve gente a tirar fotos, foi mesmo muito bom», conta.

Apesar de ter apenas 16 anos, Bernardo Cunha tem já definido como gostaria que fosse o seu percurso futuro: «Desde pequeno que sonho continuar com o atletismo. Depois, ou ainda durante o tempo em que treinar e competir, gostava de ser fisioterapeuta», revela.