A Assembleia Municipal da Batalha aprovou, ontem, por unanimidade, a moção Pela resolução imediata de situação gravíssima da falta de Delegado de Saúde no Município da Batalha, que tem como objetivo pedir a substituição do médico que está de baixa há mais de dois meses. No documento enviado à nossa redação pode ler-se que «a atual situação de Saúde Pública no Município da Batalha é dramática». O comunicado explica ainda as consequências da falta de Delegado de Saúde neste contexto: «A ausência da Autoridade de Saúde Local, torna mais difícil uma resposta eficaz no combate à pandemia, diminui o acompanhamento da população e dificulta a implementação de medidas de mitigação do risco de contágio da doença».

A moção pede a solução deste problema, afirmando que as tentativas de «pressionar a urgente resolução desta grave situação» não obtiveram até agora resposta. O documento foi enviado para a Assembleia da República e para a Ministra da Saúde.