Desde o passado dia 20 de setembro que a Casa do Conhecimento e da Juventude, na Batalha, passou a acolher a Biblioteca Municipal da Batalha José Travaços Santos, revelou o Município em comunicado. A relocalização da Biblioteca Municipal no Beco Joaquim Salles Simões Carreira «insere-se numa lógica de revitalização deste edifício histórico» que, lembra a Câmara, foi «totalmente requalificado» em 2019 com apoios da União Europeia. «Com esta mudança da Biblioteca para a Casa do Conhecimento e da Juventude, manter-se-á o principal desígnio associado a este imóvel histórico da Batalha, o da promoção do conhecimento e a fruição do mesmo pelos jovens», acrescenta o mesmo documento.

No espaço tem disponível «centenas de publicações, equipamento informático e zonas de leitura». O horário de funcionamento mantém-se inalterado. Assim sendo, a Biblioteca Municipal da Batalha está aberta de segunda a sexta-feira, das 13 às 18 horas, e aos sábados, das 14 às 18 horas. Também o polo da Biblioteca instalado na freguesia de São Mamede continuará igualmente a funcionar, às terças e quintas-feiras, das 14 às 18 horas.

Já o edifício Dr. Gens onde até a semana passada estava instalada a Biblioteca Municipal «passará, a breve prazo, a contar com as valências de espaço para a promoção do empreendedorismo jovem, através de um novo modelo de apoio às ideias de negócio dos mais jovens que se encontra em desenvolvimento». O Município batalhense revela ainda que será transferido para este edifício o serviço das obras particulares, por forma a «garantir um melhor atendimento aos munícipes e melhorar as condições de trabalho dos colaboradores».