André Sousa e João Rosa, os Bigodes do Deserto, estão já de regresso a Porto de Mós, depois da sua participação no UniRaid, que lhes proporcionou uma aventura solidária em Marrocos. Depois de 10 dias de viagem, os dois jovens portomosenses usaram a página de Facebook para fazer um balanço. «Mais do que uma viagem a Marrocos, a participação neste UniRaid foi para nós um desafio.

Decidimos embarcar nesta aventura quando ainda nem sequer possuíamos um carro e agora, passados nove meses, respiramos de alegria e com o sentimento de dever cumprido», pode ler-se numa publicação, na mesma página de Facebook que os jovens foram usando como “diário de bordo” ao longo da viagem.

O Bigode, nome que deram ao carro, percorreu 3800 quilómetros, durante 80 horas e consumiu 336 litros de gasolina. A equipa fez 15 abastecimentos, um em Portugal, quatro em Espanha, e 10 em Marrocos. Pelo caminho, e de acordo com o objetivo do projeto, foram distribuindo materiais nas aldeias carenciadas que foram encontrando pelo caminho. Assim, deixaram em África 500 sabonetes, 500 conjuntos de escova e pasta de dentes, 20 bolas de futebol, 10 mochilas para a escola, 200 canetas e vários brinquedos.

João Rosa e André Sousa aproveitaram a mesma publicação para agradecer a todos os patrocinadores que tornaram possível a construção do carro e doaram materiais para serem levados às aldeias.