O Portomosense

Carta de Natal aos nossos leitores

20 Dez 2023

«Não se constroem novas pontes sem novos alicerces, e o alicerce é, neste caso, você, que nos lê»

Caríssimo leitor,

Esta é uma altura tradicionalmente marcada por balanços e reflexões, mas queremos que essa seja a nossa máxima ao longo de todo o ano. Não se constroem novas pontes sem novos alicerces, e o alicerce é, neste caso, você, que nos lê. É para si que trabalhamos diariamente com afinco porque queremos, todos nós, aqui dentro, sem exceção, que lhe chegue a melhor informação, porque sabemos que cada letra que escrevemos tem impacto na forma como vê a sociedade e o mundo que o rodeia. É por isso que queremos que comunique connosco, que nos diga onde podemos melhorar, que seja crítico construtivo, que nos ajude a encontrar as melhores estórias, que nos denuncie o que está mal… O nosso compromisso é para consigo, portanto, estaremos aqui, como sempre, para acolher aquilo que a nós quer fazer chegar.

Numa altura em que as prendas são trocadas à volta de uma fogueira ou de um pinheiro de Natal, nós temos plena consciência de que a nossa maior dádiva é podermos viver num país onde a liberdade de imprensa está, à partida, garantida. Para nós, ser jornalistas é a nossa prenda. É bom acordar de manhã com a missão de contribuir para uma sociedade mais capaz, mais conhecedora e mais justa, e isso ninguém nos tira. É por isso que ser jornalista é encararmos de frente os obstáculos que nos colocam e as ameaças crescentes à nossa liberdade para refletirmos aquilo em que acreditamos nas páginas d’O Portomosense.

Dos erros, ninguém está livre. Cabe-nos refletir sobre eles, aprender e voltar mais fortes. Para isso, contamos consigo. Que no próximo ano esteja desse lado, que continue a apoiar-nos e a folhear, com orgulho, o jornal da sua terra. No fundo, a folhear o seu jornal.

A si e aos seus, boas Festas!

A Direção d’O Portomosense