O Castelo de Porto de Mós tem sido cada vez mais visitado por crianças e jovens, em contexto escolar. Segundo dados divulgados pelo Município, em nota de imprensa, na passada terça-feira, constatamos que, de 2020 para 2021, estas visitas cresceram quase quatro vezes. Vamos, então, aos números. Em 2020, o Castelo registou 294 visitas de alunos, inseridas em visitas de estudo – destes «mais de 60%» pertenciam a escolas do concelho – e em 2021 este número subiu para 1076. Para este aumento brutal, contribuiu, sobretudo, o projeto artístico-pedagógico O Nosso Castelo, no qual participaram 636 alunos, mas também o número de visitas de estudo realizadas. No total, o Castelo recebeu a visita de 440 crianças que integravam esse tipo de ação educativa, «85% das quais oriundas de escolas de Porto de Mós», a maior parte (72%) pertencente ao 1.º Ciclo.

Com a reabertura do Castelo, em 2019, após as obras, um dos objetivos do Município foi «dar respostas adaptadas» aos mais diversos públicos, entre os quais «escolas, famílias e grupos com necessidades educativas especiais» e desde então tem orientado «as dinâmicas para a educação e sensibilização para o património, de forma pedagógica e divertida» recorrendo, para isso, «a visitas, oficinas, jogos e trabalhos de expressão artística».