Início » CIMRL reunida em Porto de Mós para discutir medidas de prevenção dos incêndios rurais

CIMRL reunida em Porto de Mós para discutir medidas de prevenção dos incêndios rurais

20 Março 2023
Jéssica Silva

Texto

Partilhar

Jéssica Silva

20 Mar, 2023

A Central das Artes, em Porto de Mós, acolheu na passada terça-feira, dia 14, uma reunião do Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL), onde os 10 municípios da região discutiram medidas de prevenção dos incêndios rurais. À saída da reunião, o presidente da Câmara de Porto de Mós, Jorge Vala, na qualidade de vice-presidente da CIMRL, explicou que a reunião se dividiu em duas partes, uma das quais dedicada à Proteção Civil, onde participou a secretária de Estado da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, o comandante nacional de Emergência e Proteção Civil, André Macedo Fernandes, o comandante sub-regional da Região de Leiria da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Carlos Guerra, e o comandante do Comando Territorial de Leiria, Adérito Dionísio.

«Esta foi uma reunião de trabalho muito importante», frisou Jorge Vala. Em declarações a O Portomosense, o autarca garante que a CIMRL continua a ter uma «atitude preventiva muito forte» em relação aos incêndios florestais, mas alerta que para se «fazer face não apenas ao combate mas também à prevenção» são necessários apoios financeiros suficientes. Essa é, aliás, uma questão que merece uma «avaliação bastante séria» por parte da CIMRL: «Parece-nos que os meios financeiros disponíveis para o próximo Quadro Comunitário serão insuficientes para aquilo que é a ambição das próprias Comissões Sub-Regionais e Municipais, uma vez que estão ali introduzidos num conjunto vasto para as quais não há ainda uma evidente disponibilidade financeira ou, pelo menos, não sabemos em que gaveta é que vamos buscar alguns milhões de euros que aparentemente vão ter que aparecer», explicou.

Aproveitando a presença da secretária de Estado da Proteção Civil na reunião, os autarcas da Região de Leiria fizeram questão de manifestar várias preocupações, entre as quais, «os custos inerentes à manutenção dos Centros de Meios Aéreos» da Região de Leiria, localizados em Porto de Mós, Pombal e Figueiró dos Vinhos. «Não têm partilha de custos, ou seja, são suportados integralmente por estes três municípios e nós achamos que, tendo em conta que estes Centros de Meios Aéreos estão à disposição dos Municípios e da Proteção Civil, num raio de 40 quilómetros, os custos devem ser partilhados pelos restantes municípios», justifica Jorge Vala. O vice-presidente da CIMRL refere também que os apoios aos bombeiros, nomeadamente a «reabilitação de quartéis» e os Equipamentos de Proteção Individual foram mais uma das situações em cima da mesa. Outra das preocupações transmitidas pelos autarcas a Patrícia Gaspar estava relacionada com Carta de Risco de Incêndio Florestal, apesar de reconhecer que este assunto não pertence à sua tutela: «Depois de um ano de suspensão da Carta de Risco, aquilo que estamos a verificar é que sem qualquer tipo de diálogo por parte do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas continuamos a ter a mesma Carta de Risco». «A senhora secretária de Estado, não só levou com ela as preocupações como levou a importância de as ver resolvidas», refere Jorge Vala, revelando que Patrícia Gaspar participou na reunião a convite da CIMRL.

Foto | CMPM

Publicidade

Este espaço pode ser seu.
Publicidade 300px*600px
Half-Page

Primeira Página

Em Destaque