Começou hoje e termina no dia 27 de agosto a campanha Eco Praias da Valorlis – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, que pretende «sensibilizar para para a importância da separação dos resíduos» e que vai estar em cinco praias da região, explicou a O Portomosense a administradora delegada da empresa, Marta Guerreiro. Esta campanha está inserida numa lógica «mais global da comunicação da Valorlis»: «Não é o primeiro ano que fazemos este acompanhamento nas praias, mas em cada ano marcamos alguma diferença», frisa a administradora. «Achamos que é importante fazer este tipo de sensibilização em vários contextos e agora como estamos numa altura de férias, onde muitas pessoas rumam para junto do mar, faz sentido fazê-lo nas praias», acrescenta Marta Guerreiro.

Como vai funcionar a campanha? «Existe uma calendarização definida dos dias e das praias onde vamos ter monitores a explicar às pessoas a importância da reciclagem, como deve ser feita, a sensibilizá-las para a utilização dos ecopontos da Valorlis. Esses monitores vão também distribuir sacos de papel para que no final do dia de praia as pessoas coloquem nos ecopontos», explica a administradora delegada. Marta Guerreiro salienta o facto de não poder haver “pausa” na reciclagem só por se estar de férias: «Não nos podemos esquecer, na altura de férias, de continuar a separar os resíduos e deixarmos os areais limpos, sabemos o impacto negativo que tem deixar um areal sujo com todos os problemas que daí resultam». Os monitores vão estar na Praia Fluvial do Agroal, no concelho de Ourém, hoje e a 6 de agosto; na Praia de São Pedro de Moel a 13 de agosto; na Praia da Vieira de Leiria (Marinha Grande) a 14 e 27 agosto; na Praia do Pedrogão (Leiria) a 7 e 20 de agosto; e na Praia do Osso da Baleia (Pombal) a 21 de agosto.

Lançada missão “especial” no jogo Recycle BinGo para esta campanha

Além de incentivarem à reciclagem, os monitores vão também incentivar «a que as pessoas descarreguem a aplicação/jogo Recycle BinGo» que apesar de já existir há três anos, vai agora ter uma missão especial para a campanha Eco Praias. «Este jogo tem georreferenciados os ecopontos da nossa área de abrangência e os utilizadores que utilizam estes ecopontos ganham “eco moedas”, no fundo, pontos para converter em prémios, por exemplo, descontos em supermercados», começa por explicar Marta Guerreiro. Para esta campanha foi lançada a missão Eco Praias que «duplica os pontos por cada utilização dos ecopontos das praias [a aplicação reconhece a proximidade do utilizador ao ecoponto]»: «Mais rapidamente os utilizadores chegam aos prémios que a aplicação disponibiliza pelo bom comportamento ambiental na área da reciclagem», refere.

Para Marta Guerreiro «estas campanhas são fundamentais», porque vão encontro do principal propósito da empresa: «Maximizar o envio de materiais para reciclagem». «O que pretendemos é que todos os materiais passíveis de serem reciclados sejam enviados para reciclagem e precisamos do contributo de todos, cada um de nós, individualmente, tem que separar os resíduos». A administradora adianta ainda que na área de abrangência da Valorlis – municípios de Porto de Mós, Batalha, Leiria, Ourém, Pombal e Marinha Grande – tem havido «ao longo dos anos uma adesão crescente na reciclagem» e espera «que a rota de crescimento» se mantenha.

Com Rita Santos Batista