A presidente da Assembleia Municipal, Clarisse Louro, não quis deixar de se pronunciar numa fase como aquela em que nos encontramos. A autarca emitiu um comunicado de força e alento aos portomosenses, homenageando quem continua a manter o país a andar, mas também todos os que têm respeitado as recomendações e ficado em casa.

Caros amigos e amigas,

Vivemos tempos nunca antes vividos, experiências nunca antes experimentadas, medos nunca antes sentidos. Vivemos uma guerra sem tiros, e sem fronteiras, com um implacável inimigo invisível e sem rosto, apostado em pôr em causa todo um modo de vida, que era o nosso.

Sentimos o chão a fugir-nos debaixo dos pés, percebemos todas as nossas fragilidades, e temos naturalmente medo. Do presente, mas mais ainda do futuro!

Não nos podemos no entanto deixar dominar pelo medo, nem pela insegurança, nem pela ansiedade. Temos de combatê-los sem desfalecer, porque passa também por aí o combate a este vírus que nos está a virar a vida ao contrário.

O resto é respeitar as indicações das autoridades em geral, e das da saúde, em particular. É apurarmos o nosso comportamento cívico, as nossas responsabilidades de cidadania e o nosso espírito solidário. E é respeitar e agradecer a todos os profissionais que em condições sobre-humanas, de grande sacrifício pessoal e enorme risco, tudo estão a fazer para que ganhemos, como vamos ganhar, esta guerra brutal.

A eles, a minha homenagem e o meu profundo agradecimento. A vós agradeço-vos o compromisso como cumprimento das regras em vigor, e a vossa resiliência no comprometimento com os cuidados que as circunstâncias requerem.

Termino com a certeza que juntos vamos conseguir ultrapassar todas as dificuldades que temos pela frente. E com a esperança que rapidamente nos voltemos a encontrar nas nossas ruas, praças e jardins, e a correr para um emocionante e emocionado abraço.

Clarisse Louro.

Presidente da Assembleia Municipal