Início » “Concurso Municipal de Ideias de Negócio” estimula o empreendedorismo nos jovens

“Concurso Municipal de Ideias de Negócio” estimula o empreendedorismo nos jovens

9 Março 2023
Rita Santos Batista

Texto

Partilhar

Rita Santos Batista

9 Mar, 2023

Alunos do 3.º ciclo e do ensino secundário (regular e profissional) do concelho apresentaram, no passado dia 16 de fevereiro, os seus projetos em mais uma edição do Concurso Municipal de Ideias de Negócio, inserido no programa Empreendedorismo nas Escolas da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL). Mais de 640 alunos do Instituto Educativo do Juncal (IEJ) e do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós (AEPMOS) estiveram envolvidos na iniciativa, tendo sido levados a concurso 17 projetos, nove do 3.º ciclo e oito do ensino secundário.

«Aquilo que nós desejamos é que vocês não percam a vontade de continuar a ser empreendedores e, sobretudo, a vontade de continuar a fazer acontecer», estas foram algumas das palavras de incentivo, proferidas pelo presidente da Câmara, Jorge Vala, na abertura do concurso. «Ser empreendedor também é isto, é poderem apresentar as vossas ideias, iniciar um processo na escola em que é valorizada a vossa capacidade de as transformar em algo que possa ser, posteriormente, concretizado», reforçou o autarca. As ideias apresentadas foram avaliadas por um júri, composto por três elementos: Pedro Vala, Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara; Adriana Lourenço, ex.-aluna do IEJ, designer gráfica e fundadora da sua própria marca – Myfish; e Marta Fino, empreendedora portomosense e uma das criadoras da marca FitUrbanDesign. O grau de inovação da ideia, a exequibilidade, a qualidade da apresentação, o desenvolvimento e o impacto da ideia no território da CIMRL, foram os critérios de avaliação tidos em conta pelos jurados, na hora de decidir os vencedores. Aos terceiros classificados foi atribuído um voucher FNAC no valor de 50 euros, o segundo lugar beneficiou também de um voucher FNAC, mas no valor de 75 euros e o grupo com o primeiro lugar levou para casa, não só um voucher FNAC no valor de 100 euros, como a responsabilidade de representar o concelho de Porto de Mós no Concurso Intermunicipal que irá acontecer no dia 15 (3.º ciclo) e 17 de março (ensino secundário e profissional).

Projetos distinguidos

No 3.º ciclo, o primeiro lugar foi para o projeto Servision, desenvolvido pelas alunas Letícia Vazão e Mariana Martins, do IEJ, que consiste «numa plataforma que congrega todos os produtos e serviços do município, para toda a população», ajudando, desta forma, a promover desde espaços comerciais a produtos locais. Intimex é o nome do projeto que ficou em segundo lugar, elaborado por Matilde Garcia, Luana Baião e Lara Ribeiro, do AEPMOS. Trata-se de «cuecas menstruais» inovadoras, «com um gel de aquecimento na zona abdominal, que proíbe a passagem da menstruação para a roupa e diminui as cólicas abdominais». O terceiro lugar foi atribuído, a dois grupos, tendo havido um empate na votação. O terceiro lugar foi assim atribuído ao projeto Termo Coat, dos alunos do AEPMOS, Ana Maria Khomenko, Fabiana Tavares Ferreira e João Azoia Tristão. A ideia consiste em dar o máximo conforto «a pessoas que trabalham na rua, peregrinos e campistas», por exemplo, através de «um casaco com placas térmicas incorporadas que arrefece e aquece e umas luvas, cuja temperatura se controla manualmente». O último projeto premiado foi desenvolvido pelas alunas Alcina Santos, Mariana Ferraria e Marcela Morais, do AEPMOS, com o nome de Time Bus: «Uma aplicação que pretende informar todos os utilizadores de autocarros públicos sobre o tempo de espera, mas também sobre a informação do percurso que este vai percorrer», explicaram.

No ensino secundário e profissional, Denticári foi o projeto vencedor. A ideia de Luís Santos, do AEPMOS, prioriza a saúde oral e pretende «detetar cáries pelo ph da boca», através de uma escova de dentes inteligente. A segunda ideia empreendedora pertence às alunas Inês Simão, Matilde Fernandes e Inês Sousa, do AEPMOS. Wallock é o nome do projeto e consiste, precisamente, «numa carteira com sensor de impressão digital, para que o utilizador se sinta mais seguro e consiga localizar a carteira mais facilmente». Finalmente, o terceiro prémio foi para o projeto das alunas Sara Pereira e Isa Ferreira, do IEJ, intitulado Power Sneackers. Trata-se de «uma sapatilha “três em um”, com uma sola que se adapta a todas as modalidades e a cada piso», privilegiando o conforto e reduzindo os custos com várias sapatilhas.

Já no final da apresentação dos projetos, a vereadora Telma Cruz reconheceu «o empenho dos alunos participantes», considerando que «estes concursos existem para despertar nos jovens as ideias empreendedoras, que, um dia mais tarde, poderão representar «um futuro negócio», frisou a vereadora, agradecendo a todos os que contribuíram para a realização de mais um Concurso Municipal de Ideias de Negócios.

Foto | Rita Santos Batista

Publicidade

Este espaço pode ser seu.
Publicidade 300px*600px
Half-Page

Primeira Página

Em Destaque