«Esta iniciativa pretende reforçar o apoio social a prestar aos mais carenciados em alimentos nestes tempos de pandemia», começa por explicar o presidente do Conselho Fiscal da Cooperativa Agrícola de Alcobaça, Manuel Castelhano, em declarações a O Portomosense, uma das entidades envolvidas nesta iniciativa juntamente com a Santa Casa da Misericórdia de Alcobaça.

Nas palavras de Manuel Castelhano esta união deve-se ao facto de a Santa Casa da Misericórdia de Alcobaça ter um «conhecimento profundo das carências» existentes na comunidade e acima de tudo, porque dá a garantia de que os «alimentos vão chegar sem desvios aos que mais precisam».

A iniciativa arranca esta quinta-feira, dia 9 de julho, e a recolha irá decorrer semanalmente às quintas-feiras das 9 às 18 horas na Granja Cister. Posteriormente, a Santa Casa da Misericórdia de Alcobaça procederá à sua distribuição pelos mais carenciados. Um dos objetivos é, segundo Manuel Castelhano, à medida que a ação solidária decorrer, informar a população «através dos meios de comunicação social e das redes sociais» quais os produtos considerados prioritários.