O Município de Porto de Mós, pelo seu presidente Jorge Vala, publicou um comunicado acerca da situação no concelho na sua página oficial do Facebook. Eis a comunicação na integra:

Caros Munícipes

Hoje, dia 19 de Janeiro a Autoridade de Saúde comunicou a existência de 12 novos casos positivos e 12 recuperados.
Assim, registamos 142 casos ativos, 542 recuperados e temos a lamentar 15 óbitos.

Infelizmente, poucos dias depois de implementadas as medidas de confinamento, conclui-se que há necessidade de endurecer o controlo e vigilância, acentuando-se a atuação sobre os incumpridores. De facto não é justo que todos os que pugnam por cumprir (e são muitos), sofram as consequências da falta de civismo e irresponsabilidade de apenas alguns.
Este confinamento tem que ser levado muito a sério, porque só assim poderemos travar a escalada de novos casos.

Antes de sair, avalie se é mesmo necessário. Se tiver mesmo que sair, proteja-se e evite espaços com ajuntamentos de pessoas. Ainda assim, guarde sempre a distância de segurança e use sempre a máscara devidamente colocada.
A propagação deste vírus só se consegue travar com a atitude responsável de cada um. Se assim não fôr, os Hospitais e Profissionais de Saude, que já estão no limite, deixarão de responder e as medidas vão certamente endurecer.

Por si e pelos seus proteja-se, não corra risco e cumpra as regras amplamente divulgadas pela Direção Geral de Saúde.

Se necessitar de ajuda, não hesite contacte-nos através do número verde grátis do Município 800 210 102. Nós estamos cá para prestar o apoio necessário.

Contamos consigo, pode continuar a contar connosco