Foto: Paulo Santos

No passado dia 13 de janeiro, a Associação Cultural e Recreativa do Chão Pardo realizou a 16.ª edição do Cross Laminha, que percorre os trilhos de parte da freguesia do Juncal. A prova juntou 444 atletas para a corrida (dividida em duas, uma de oito, outra de 15 quilómetros) e 66 na caminhada (de oito quilómetros), ultrapassando o limite máximo de inscritos em 50 atletas.

O diretor da prova, Vítor Ferreira, disse a O Portomosense que “correu bem”, frisando que “não choveu” e que, por isso, esta “é a prova mais seca do país, sendo Laminha apenas no nome”, brincou. Vítor Ferreira afirmou ainda que recusaram cerca de 200 inscritos, o que significa que, caso tivessem aceitado todos, os trilhos do Juncal acolheriam 700 pessoas, no entanto, o também atleta considera que “esse é um valor impensável numa freguesia desta dimensão” e que mesmo os 500 aceites já foram “gente a mais, em simultâneo, no mesmo espaço”.

Por equipas, o Grupo Recreativo da Corredoura (GRC) foi o primeiro do concelho a aparecer na classificação geral, figurando em quinto lugar, atrás do Clube de Atletismo da Barreira, do Clube Desportivo de Espite, do CCRD Burinhosa e do Atlético Clube de São Mamede (ACSM). O melhor atleta do concelho foi João Alves, do GRC, seguido de João Tomás do mesmo clube e de Charles Custódio, que alinha pelo ACSM.

Nesta prova estiveram em competição 27 equipas, com uma representação significativa das equipas do concelho, tendo Vítor Ferreira afirmado que não esperava uma participação tão massiva a nível local.
Circuito do Calcário

Neste dia, foram também entregues os prémios do Circuito do Calcário que é constituído por 11 provas: Cross Laminha (Cumeira de Cima), Trail do Castelejo (Alvados), Trilho do Alecrim (Serro Ventoso), Corno de Cabra (Pisões), Of Road (Barreira), Raposa Manhosa (Juncal), Trilhos do Reguengo (Reguengo do Fetal), Trilhos Longos (Reixida), Enduro Trail (Ribafria) e Trilhos do Valado (Valado dos Frades). Neste circuito competiram um total de 2500 atletas.

Assim, os três primeiros classificados femininos foram Joana Paulo, do Grupo Recreativo da Benedita, que se sagrou campeã do Circuito; em segundo lugar Filipa Casimiro, do ACSM; e a fechar o pódio Glória Serrazina do Clube Recreativo e Popular da Ribafria. Nos masculinos, o campeão foi Carlos Bárbara do ACSM; seguido de José Henrique Rosário da Associação Porto de Mós a Correr; e, por fim, Fábio Filipe, que correu a título individual. Por equipas, os prémios foram entregues ao ACSM, em primeiro lugar; à Associação Porto de Mós a Correr, do nosso concelho; e ao Clube de Atletismo da Barreira.

Co-Autor: Isidro Bento