Ficaram ontem em prisão preventiva, três homens (entre os 35 e os 44 anos) que foram detidos no sábado, em flagrante delito, durante um furto a uma residência na Batalha. A operação, levada a cabo pelo Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Investigação Criminal de Leiria, decorria desde dezembro de 2021, por vários furtos em residências que ocorreram nos concelhos de Porto de Mós, Batalha e Leiria.

De acordo com nota da GNR enviada à nossa redação, «no seguimento da ação foi dado cumprimento a duas buscas domiciliárias, das quais resultou a apreensão de diversos artigos provenientes dos furtos perpetrados, nomeadamente: 250 mil euros em títulos de empresas (ações); diversos artigos em ouro, no valor estimado de 20 mil euros; diversos relógios no valor estimado de quatro mil euros; uma viatura; e variadas ferramentas usadas para a prática dos ilícitos».

Os indivíduos, «com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza», foram ontem presentes a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Leiria, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.