Jovens vieram de sete concelhos dos distritos de Leiria e Santarém (Foto: Jéssica Moás de Sá)

O 1.º Encontro de Atividades Aquáticas Vila de Porto de Mós abriu o programa da segunda edição da Feira da Saúde e Bem-Estar. O evento, que decorreu na manhã da passada sexta-feira, nas Piscinas Municipais, foi organizado pela Associação Nacional de Desporto para o Desenvolvimento Intelectual (ANDDI), com a colaboração da Câmara Municipal «que lançou o repto, ou seja, abriu-nos as portas e proporcionou este momento», referiu em forma de agradecimento o vice-presidente da ANDDI, José Pavoeiro. A prova contou com 76 participantes, provenientes de sete concelhos dos distritos de Leiria e Santarém.

O encontro dividiu-se em três fases: a primeira «é a atividade adaptada, vocacionada para aqueles jovens com mais dificuldade, que necessitam de apoio para fazer o seu percurso, apoios como pranchas ou chouriços»; a segunda «é uma competição adaptada, para os que já executam o gesto técnico, já faz a progressão na água relativamente bem e que está, assim, num ambiente de competição»; e a terceira de convívio entre todos.

José Pavoeiro alertou que «o desporto aquático é um fator de saúde, preponderante para melhorias na qualidade de vida destes jovens. O movimento na água simplifica todos os movimentos que eles possam executar por si só», acrescentando que se vê «na cara dos participantes, o grau de satisfação» por estarem todos juntos a nadar.