Início » “Feira da Saúde e Bem-Estar” está de regresso a Porto de Mós

“Feira da Saúde e Bem-Estar” está de regresso a Porto de Mós

2 Maio 2023
Catarina Correia Martins

Texto

Partilhar

Catarina Correia Martins

2 Mai, 2023

Entre os dias 4 e 7 de maio, Porto de Mós acolhe a quinta edição da Feira da Saúde e Bem-Estar, organizada pelo Município. Com a maioria das atividades a acontecer no pavilhão gimnodesportivo da vila sede de concelho, o certame tem como tema Coração Saudável. A vereadora da Saúde, Telma Cruz, depois de recordar que a feira «tem como principal objetivo fomentar a qualidade de vida dos munícipes, dando-lhes informação e capacitação para prevenir a doença e promover o bem-estar, bem como dar a conhecer alguns dos recursos existentes no concelho na área da saúde e do bem-estar», explicou que a escolha do tema para este ano se deve ao facto de «as doenças cardiovasculares serem uma das principais causas de morte em todo o mundo, estando associadas a muitos fatores de risco, como obesidade, tabagismo, sedentariasmo, stress e alimentação inadequeada, que podem ser prevenidos ou controlados através de hábitos saudáveis». Telma Cruz acrescentou ainda que «é fundamental debater o tema da saúde do coração, para sensibilizar a comunidade sobre a importância de prevenir as doenças cardiovasculares e adotar um estilo de vida saudável».

Com um programa vasto e variado, a autarca afirma que se pretende «atrair e captar o interesse de diversos públicos, dos mais novos aos mais idosos, dos profissionais à comunidade em geral». «As nossas expectativas vão no sentido de proporcionar uma oportunidade de excelência, promover a literacia em saúde, bem como a adoção de hábitos saudáveis, prevenindo a doença e fomentando o bem-estar. Por isso, encerramos o evento com a rubrica Rir é o Melhor Remédio, com um espetáculo de stand-up comedy», adianta ainda a vereadora. Telma Cruz destaca, como principal novidade, o regresso da «feira expositiva no pavilhão gimnodesportivo, após três anos de interregno, devido à pandemia».

Com mais de três dezenas de entidades parceiras, a feira tem, na opinião da autarca com o pelouro da Saúde, «a particularidade de ser construída com os contributos enviados pelas entidades participantes». «Ao longo das várias edições, verificamos maior adesão, maior envolvimento e participação das entidades do concelho e, este ano, houve também uma maior procura por parte de entidades da área da saúde “extra concelho”», avança.

Com Jéssica Moás de Sá
Foto | Rita Santos Batista

Pub

Primeira Página

Em Destaque