Dois dias. Quarenta e oito horas. É este o tempo que falta para o arranque das Festas de São Pedro. As nossas Festas. As Festas de todos os portomosenses. Esperámos três anos por este momento e agora finalmente chegou. Estamos literalmente em contagem decrescente para o evento que durante nove dias (de 25 de junho a 3 de julho) irá mexer com Porto de Mós. Depois de um período conturbado, provocado por uma pandemia, em que todos estivemos privados de diversão esta edição das tasquinhas parece ter um sabor (ainda mais) especial.

O certame que irá trazer à vila muita animação, cultura, gastronomia e música é organizado pelo Fundo Social dos Funcionários da Câmara Municipal de Porto de Mós, em colaboração com o Município de Porto de Mós. Pela primeira vez enquanto presidente da entidade, Luís Vieira, confessa que as expectativas para esta edição são «altas» mas, ainda assim, admite que prefere continuar «com um pé atrás»: «Corremos muitos riscos, queremos que as pessoas se sintam em segurança», afirma. Para o presidente da Câmara de Porto de Mós, Jorge Vala, este regresso das Festas de São Pedro torna-se ainda mais importante, sobretudo se pensarmos no impacto que este interregno teve no convívio entre a população: «Estas Festas são o ponto alto da união das pessoas do concelho de Porto de Mós e dois anos sem Festas tiraram-nos muito do que é a sociabilização das 10 freguesias do concelho e das pessoas que gostam de participar e de se envolver ativamente».

Embora o programa da edição deste ano das Festas de São Pedro já seja amplamente conhecido, não quisemos deixar de dar nota de alguns dos momentos mais importantes que vão acontecer em cada um dos nove dias de festa, sendo certo que há atividades que se vão realizar durante todos os dias. É o caso do Cantinho dos Animais, uma atividade dinamizada por Iúri Gomes, o Passeio de Charrete que terá lugar no Picadeiro, onde durante oito dias – só não acontece no último – haverá vacada, sempre à meia-noite. A Cozinha de Demonstração é outra das iniciativas que vai acontecer ao longo de todos os dias, à exceção do último, no recinto das tasquinhas, sempre às 20h30.

25 de junho (SÁBADO)

A inauguração oficial das Festas de São Pedro está marcada para sábado, dia 25, às 18h30. A abertura do certame contará com a animação do grupo Notas Soltas que irá acompanhar a comitiva. Antes disso, pelas 14h30, será inaugurada a Central das Artes, a antiga central termoelétrica que ao longo dos últimos meses sofreu obras de requalificação. Será precisamente nesse espaço que, a partir das 15 horas, irá decorrer a cerimónia de entrega dos Prémios Dom Fuas, onde já por essa altura estará patente a exposição de escultura de Luís Amado e de pintura de Marta de Castro. O palco principal será estreado pelo XXXI Festival de Folclore de São Pedro que começa às 22h30.

26 de junho (DOMINGO)

No domingo, o dia arranca cedo, pelas 8h30, com o 8.º Passeio de Ciclomotores e Motociclos Antigos, organizado pelo CCR Dom Fuas. A tarde começa com a emissão do programa da TVI, Somos Portugal, que decorrerá no Parque Almirante Vítor Trigueiros Crespo e no recinto das Festas. Às 16h30 dá-se início ao concurso Melhor Petisco, na tasquinha do Fundo Social, e que contará com o professor José Marques da Cruz, Eunice Meneses e o Chef Fernado Semedo, como jurados. Luís Trigacheiro sobe ao palco principal, pelas 22h30, para um espetáculo musical.

27 de junho (SEGUNDA-FEIRA)

No dia 27, segunda-feira, entre as 14h30 e as 15h30, a tasquinha do Fundo Social vai acolher o Atelier do Coscorão, uma iniciativa dedicada a uma estrutura residencial para idosos do concelho de Porto de Mós. À noite, a animação estará a cargo da artista Rosinha que subirá ao palco principal a partir das 22h30.

28 de junho (TERÇA-FEIRA)

O quarto dia de Festas começa da mesma forma que o dia anterior, que é como quem diz, com o Atelier do Coscorão, mas desta vez o público-alvo será o 1.º ano da Escola Básica do 1.º Ciclo de Porto de Mós. À noite, espera-se que a Avenida de Santo António se encha de gente para assistir àquele que é um dos momentos mais aguardados da Festas de São Pedro: o desfile das Marchas Populares. Às 22h30, o palco principal irá receber as bandas L.S.D. & Dr. Cavalheiro que irão partilhar o palco com Rúben Lima, Ana Barreiros, Os Sem Nome e Henrique Carreira, os convidados da noite.

29 de junho (QUARTA-FEIRA)

No feriado municipal, dia de São Pedro, haverá missa em honra do santo padroeiro, às 16 horas, na Igreja de São Pedro, a que se seguirá a tradicional procissão. Ao cair da noite, o Parque Almirante Vítor Trigueiros Crespo vai acolher o espetáculo Portucale, dinamizado pela companhia de teatro de Alcobaça S.A. Marionetas – Teatro & Bonecos. Às 22h30, arranca no palco principal, o espetáculo musical de Nuno Ribeiro.

30 de junho (QUINTA-FEIRA)

Na quinta-feira, um dos dias menos preenchidos do certame, o destaque vai para o concerto dos Quinta do Bill, a banda tem concerto marcado para as 22h30 no palco principal das Festas de São Pedro.

1 de julho (SEXTA-FEIRA)

No dia 1, às 21 horas, os amantes da atividade física terão oportunidade de participar na 5.ª Corrida/ Treino S. Pedro By Night, uma iniciativa da Associação Porto de Mós a Correr que terá lugar no campo sintético no parque desportivo de Porto de Mós. Pelas 22h30, GNTK atua no palco principal.

2 de julho (SÁBADO)

No penúltimo dia de Festas, o Parque Almirante Vítor Trigueiros Crespo vai receber, às 17 horas, uma aula de ginástica sénior e uma caminhada, atividades desenvolvidas pelo SéniorMós. Duas horas depois arranca no recinto das Festas o desfile das Marchas Populares. A noite será de fado, com a atuação de Sara Correia que subirá ao palco principal a partir das 22h30.

3 de julho (DOMINGO)

O nono e último dia das Festas começa no Parque Almirante Vítor Trigueiros Crespo, com a 2.ª Clássica de Porto de Mós dinamizada pelo CCR Dom Fuas, em parceira com o FuasBike Team. Para a tarde estão agendadas duas cerimónias religiosas. Às 16 horas, haverá missa campal na Praça João Matias, atrás da Igreja de São Pedro, e uma hora depois, dá-se início à procissão de São Pedro. Às 20 horas, começa o Encontro de Grupo de Cavaquinhos Séniores, a ter lugar no palco secundário. Este encontro conta com a organização da Universidade Sénior do Rotary Club de Porto de Mós. O último concerto das Festas será do cantor Diogo Piçarra que, à semelhança dos dias anteriores, subirá ao palco principal pelas 22h30. À meia noite, o céu vai encher-se de cor com o espetáculo pirotécnico que oficializa o encerramento das Festas de São Pedro.

Com Catarina Correia Martins e Jéssica Moás de Sá