No próximo dia 11 de maio, terça-feira, o Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, vai acolher o jogo decisivo da segunda edição da Taça Revelação. A informação foi divulgada esta segunda-feira pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) numa nota publicada no seu site oficial. Estoril Praia, Leixões SC, SC Braga, FC Famalicão, B SAD, Marítimo, SL Benfica e Portimonense SC são as equipas, de sub-23, ainda em prova e que lutam pelo troféu desta competição. A segunda mão dos quartos de final está marcada para hoje e amanhã, 19 e 20 de abril, já os jogos das meias-finais serão disputados entre 27 de abril e 5 de maio.

Em declarações ao site da FPF, Manuel Nunes, presidente da Associação de Futebol de Leiria, mostrou-se satisfeito com esta atribuição, principalmente por «ser uma prova que pretende ser uma referência no desenvolvimento do jogador português» e porque, defende, Leiria passa agora também a estar associada ao «esforço da FPF» de «promover o futebol» através de uma competição que, frisa, já é bastante exigente para os clubes.

Por outro lado, Manuel Nunes fez questão de enaltecer a aposta da FPF no que à descentralização diz respeito. «É muito importante que se vá fazendo esta descentralização e que haja a possibilidade de outros locais do país, onde o futebol também tem muita força, acolherem estes eventos. Desta forma, esta reciprocidade de agradecimento e envolvimento é fundamental», frisou.

Recorde-se que a primeira edição da prova (2018/19) foi conquistada pela equipa do Desportivo das Aves, numa final que teve lugar em Águeda. Já em 2019/2020, a competição não foi disputada por causa da pandemia da COVID-19.