A Guarda Nacional Republicana (GNR),através do Destacamento Territorial de Leiria, deteve ontem, 27 de julho, quatro homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 46 e os 64 anos, pela prática do crime de tráfico de estupefacientes em Mira de Aire e Minde.

O desmantelamento da rede de tráfico de estupefacientes que operava naquelas duas vilas vizinhas é fruto de uma investigação que já durava desde novembro de 2019. No seguimento das diligências policiais foram realizadas cinco buscas, três domiciliárias e duas em veículos, culminando na detenção dos cinco suspeitos e na apreensão de 43 doses de heroína, quatro telemóveis, duas balanças e sacos de acondicionamento e material de corte.

No âmbito da mesma investigação, no dia 18 de junho, já haviam sido detidos dois homens, de 46 e 69 anos que, atualmente, se encontram sujeitos à medida de coação de apresentações periódicas e imposição de normas de conduta de não terem contactos com consumidores/traficantes. Um desses detidos, de 46 anos, novamente detido em 27 de julho, encontrava-se em violação à imposição de condutas aplicadas. Aquando da primeira detenção foram-lhe apreendidas 217 doses de heroína e oito doses de cocaína.

Os suspeitos encontram-se detidos nas instalações da GNR e vão ser presentes, amanhã, dia 29 de julho, ao Tribunal Judicial de Leiria, para serem sujeitos a primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.