Início » Grupo franco-belga compra central de biomassa do Juncal

Grupo franco-belga compra central de biomassa do Juncal

13 Janeiro 2024
O Portomosense

Texto

Partilhar

O Portomosense

13 Jan, 2024

A central a biomassa de origem florestal do Juncal, até então detida pelo grupo Justo, foi adquirida pela Engie Soluções de Energia, empresa do grupo franco-belga Engie.

De acordo com um comunicado da Engie, citado pelo Jornal de Negócios, a compra foi um «investimento significativo» por parte da multinacional, que prevê agora um ciclo de investimentos até 2024 no valor de 100 milhões de euros.

Para o Juncal, o Jornal de Negócios fala de um «investimento estrutural adicional que permite otimizar a infraestrutura e duplicar a sua eficiência global».

Em suma, prevê-se que a eletricidade ali produzida atinja os 40 Gwh anuais, e igual quantidade de energia térmica (vapor) – a potência instalada atualmente é de 5 MW e serão recuperados mais 5 MW de energia térmica. Esta última será vendida, em primeira instância, a «uma unidade de processamento de biomassa florestal vizinha, que, ao mesmo tempo, abastecerá a central e usará também a energia térmica na sua atividade».

A Engie atua em Portugal há mais de 40 anos e diz ser o segundo maior produtor de eletricidade em Portugal (com uma participação de 15% no que toca às energias renováveis). Segundo o site da empresa, esta está neste momento a recrutar um Técnico de Segurança e Saúde no Trabalho para a central do Juncal.

Foto | Luís Vieira Cruz

Publicidade

Este espaço pode ser seu.
Publicidade 300px*600px
Half-Page

Primeira Página

Em Destaque

ASSIMAGRA assinalou 60 anos

ASSIMAGRA assinalou 60 anos

A Associação Portuguesa da Indústria dos Recursos Minerais (ASSIMAGRA) celebrou, no passado dia 2, 60 anos de existência, «quando foi...