As Grutas de Mira e Aire celebram hoje o 75.º aniversário da sua descoberta, data que vai ficar marcada também pelo lançamento da nova aplicação que pode ser descarregada no telemóvel de cada visitante e lhe permite aceder à historia das Grutas e de 26 pontos assinalados ao longo destas, que são as maiores formações subterrâneas de Portugal. A aplicação que vai ser lançada e apresentada hoje, às 16 horas, vai permitir ainda que o utilizador escolha o seu idioma, dentro das seguintes opções: português, francês, inglês, espanhol, alemão e há também a informação em língua gestual portuguesa e linguagem infantil.

Em declarações a O Portomosense, o presidente do conselho de administração das Grutas, Carlos Alberto Jorge, avança que o facto da aplicação estar disponível em diferentes línguas vem «colmatar algumas falhas linguísticas que se faziam sentir, como é o caso da língua alemã», uma vez que não existe ninguém dentro das Grutas que domine este idioma e, por isso, a aplicação acaba por ser uma «boa solução», acredita.

A ideia de criar uma app que funcionasse como audioguia é antiga, conta, acrescentando que foi equacionado fazer-se uma candidatura a fundos comunitários para o desenvolvimento da nova app para visitas guiadas, no entanto, segundo adiantou o responsável, a urgência em tomar a decisão fez com que avançassem com capitais próprios, ao invés de esperar mais tempo para prosseguir com a aplicação.

A app será, então, apresentada pelas 16 horas nas Grutas de Mira de Aire e conta com a presença de um intérprete de língua gestual portuguesa, que ficará encarregue de traduzir a apresentação. Vai ser ainda realizada uma visita guiada, na qual os visitantes poderão estrear a nova aplicação, acedendo às explicações, disponíveis em formato áudio.

Com Inês Neto Silva
Catarina Correia Martins | revisão