As Grutas de Mira de Aire, que estavam fechadas desde 15 de março por imposição legal que não autorizava a abertura deste tipo de equipamento em todo o território nacional, vão reabrir a 1 de agosto. A informação foi avançada pela secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, Ângela Ferreira, na sequência da pergunta enviada pelos deputados do PSD eleitos pelo círculo de Leiria. A responsável frisou que o motivo pelo qual as grutas eram o único equipamento cultural fechado, tinha que ver com «a oxigenação e circulação do ar» do espaço.

Na pergunta dirigida à ministra da Cultura, o Partido Social Democrata lembrava que as Grutas de Mira de Aire possuem «18 trabalhadores com dependência direta das visitas do público», que um «número muito significativo depende delas indiretamente» e por isso questionavam precisamente porque razão o espaço ainda não estava aberto ao público e para quando estava prevista a sua abertura. Os deputados frisavam ainda que «as grutas nos outros países da Europa e EUA» já se encontravam abertas, reconhecendo, contudo que «cada caso é um caso».

Quanto às questões práticas do plano de contingência já aprovado para as Grutas de Mira de Aire, os deputados defendiam que «é ainda mais restritivo do que DGS aconselha». Ainda segundo o documento, a administração já havia solicitado «a várias entidades» a abertura do espaço. «Sabemos que se trata de um espaço com humidade, mas com imenso arejamento devido às referidas entradas e saídas de ar natural que permite uma constante renovação de ar, daí que não se compreenda a razão de não poderem abrir, tanto mais que as termas e outros locais, como monumentos e outros espaços já foram autorizados a abrir», sublinhavam os deputados do PSD.

A abertura das Grutas é para os deputados «um fator determinante para o revigor da economia local». Recorde-se que as Grutas de Mira de Aire chegaram a estar abertas durante um dia, a 20 de maio, mas voltaram a encerrar na sequência de um diploma legal que determinava o encerramento de todas as grutas e similares em território nacional.