No concelho de Porto de Mós, um homem de 37 anos foi detido esta quarta-feira por violência doméstica sobre a sua companheira de 27 anos. A investigação, levada a cabo pelo Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas apurou que o suspeito infligiu, «de forma reiterada, agressões físicas e psicológicas» contra a vítima, revela a GNR em comunicado enviado à nossa redação na manhã de hoje.

Após ter sido, ontem, presente ao Tribunal Judicial de Leiria, o homem viu ser-lhe aplicada a medida de coação de «proibição de contactos, por qualquer meio» com a vítima e proibição de permanecer no local de residência ou de trabalho das mesmas, assim como em «qualquer local onde se encontre».

Na mesma nota, a GNR lembra que «a violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva». «Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe: no Portal Queixa Eletrónica, em queixaselectronicas.mai.gov.pt; via telefónica, através do número de telefone: 112; no Posto da GNR mais próximo à sua área de residência; na aplicação App MAI112 disponível e destinada exclusivamente aos cidadãos surdos, em www.112.pt; na aplicação SMS Segurança, direcionada a pessoas surdas em www.gnr.pt».