Arrancou no passado sábado, dia 4, a 3.ª edição do Juncal Jazz, desta vez no salão paroquial da vila. Com a casa composta, o primeiro dia de espetáculos trouxe a palco Yuliia Kompaniiets, no piano, e Uliana Lyman (no violino), mãe e filha, ucranianas, em Portugal por força da guerra no seu país de origem. De formação clássica, fizeram «um arranjo jazzístico» nalgumas composições que apresentaram a abrir o concerto. Depois de várias vezes aplaudidas por todos e ainda antes de terminar a sua participação, Yuliia Kompaniiets, em inglês, agradeceu a possibilidade de, com a sua filha, participar neste festival, dizendo que está em Portugal há três meses e elogiando o povo português pela forma como, desde o começo, as tratou. A pianista explicou que as duas últimas músicas que iriam tocar eram de compositores ucranianos e que queriam dedicá-las a Portugal.

A noite foi ainda do trio Mana, composto por João Monteiro, no baixo; Fábio Rodrigues na bateria e Ruben Almeida no piano.

O próximo espetáculo está agendado para amanhã, havendo outro no dia 18 de junho, ambos para as 22 horas. A música está cargo de DixieNaza Dixie Band e do trio F.A.N.

Fotos | Catarina Correia Martins