Serro Ventoso é uma das freguesias do concelho que tem ganho destaque pelas várias iniciativas inéditas que tem promovido de apoio à população local. Em conversa com O Portomosense, o presidente da Junta, Carlos Cordeiro, deu a conhecer algumas das atividades lançadas em Serro Ventoso para as famílias. Em dezembro, a Junta «decidiu doar um garrafão de azeite a todos os agregados familiares da freguesia», uma vez que «muita gente não teve azeitona e não tendo azeitona não há azeite», conforme explicou. Somando as perdas, nalguns casos totais, na produção de azeite em muitos olivais com o ano difícil de pandemia, o presidente referiu que esta oferta de um garrafão de azeite por parte da Junta «é uma ação mais que justa», notando que as «pessoas andam desanimadas e tristes».

Além da vertente mais solidária, a iniciativa caracteriza-se também por, de alguma forma, promover o azeite, que é um produto local, «juntando-se assim, o útil ao agradável», acrescentou. Carlos Cordeiro disse ainda que a ideia passa por «também promover o lagar de azeite em Serro Ventoso, o único que se encontra em funcionamento na freguesia», e que o autarca julga ser «o único no concelho a trabalhar à moda antiga».
«As freguesias não são nossas, são do povo, e as receitas são de todos», afirmou o responsável, concluindo que desde o dia 14 de dezembro que os agregados familiares podem aceder ao garrafão de azeite, dirigindo-se à Junta de Freguesia e fornecendo os seus dados para tal.

Lenha queimada pelo fogo a preços simbólicos

A par desta iniciativa, Serro Ventoso está ainda a disponibilizar, a preço simbólico, a lenha morta pelo fogo, que deflagrou no ano passado. Carlos Cordeiro justifica a iniciativa como uma alternativa «para a lenha não estar a apodrecer na serra», e que surge «num inverno gelado». Assim, foi decidido vendê-la à população da freguesia a, apenas, «cinco cêntimos o quilo». O autarca acrescentou que «no fundo, a lenha está nos terrenos públicos e não tem dono, é de todos». Para adquirir a madeira queimada, a comunidade local pode estabelecer contacto com a Junta de Freguesia, através dos números 244 491 555 e 961 482 000.

Realização de testes de despiste à COVID-19

Uma outra ação ocorrida na freguesia de Serro Ventoso foi a realização de testes de despiste ao novo coronavírus no passado 25 de dezembro, isto depois de surgir a «preocupação com um ou dois casos de miúdos da escola», explicou o presidente ao nosso jornal. Tratou-se de uma ação desenvolvida em colaboração com o Centro de Apoio Social Serra D’Aire e Candeeiros (CASSAC). Foram realizados «cerca de 20 testes à COVID-19», nomeadamente às crianças da escola básica, bem como à rede de contactos em causa, «todos eles a revelar um resultado negativo», indicou.
A freguesia tem acompanhado a situação, e como um meio de prevenção, refere Carlos Cordeiro, «já tinham sido adquiridos cerca de 50 testes de despiste, uma parte destinada aos funcionários do CASSAC». Como uma reserva para eventuais situações semelhantes, a freguesia «já comprou mais testes, no âmbito da pandemia», conclui o presidente.