O antigo árbitro, de 41 anos, natural de Alcanadas, Batalha, Luciano Gonçalves, foi reeleito para a presidência da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF). A eleição teve um recorde de votantes, sem qualquer voto nulo ou em branco, que vai permitir a Luciano Gonçalves mais um mandato de quatro anos. Até se candidatar pela primeira vez ao cargo de presidente da APAF, Luciano Gonçalves desempenhou a mesma função mas no Núcleo de Árbitros de Porto de Mós.

Em reação a esta reeleição, Luciano Gonçalves escreveu na sua página de Facebook que todos podem contar com «compromisso para continuar a promover a excelência» dos associados e «valorizar ainda mais a arbitragem e o futebol a nível nacional e internacional». Entre os objetivos está o «reconhecimento de carreira» e o combate da «situação precária na classe».