O técnico Luís Mota não vai estar no banco da Associação Recreativa Cultural e Desportiva (ARCD) da Mendiga na próxima época. O anúncio foi feito pelo clube na sua página de Facebook esta tarde que diz que em causa estão «motivos pessoais». «Recordamos que o mister Luís pegou na equipa a meio da época passada, num momento difícil e conseguiu subir alguns lugares apesar da época atípica que se vivia», salientou o clube. Através da «sua garra, determinação e vontade de vencer levou-nos ao título de campeão distrital e posteriormente à subida de divisão», pode ler-se ainda na nota.

Na opinião da ARCD Mendiga, o treinador «deu tudo pela Mendiga e nunca deixou que a equipa e que este clube se fosse abaixo e sempre lutou para que chegasse aos objetivos». O clube diz que «neste momento difícil» lhe resta «agradecer por todo o trabalho desenvolvido», desejando ao treinador «sucessos pessoais e profissionais, e que tudo melhore rapidamente».