Terminou no passado dia 30 de novembro a votação para o Orçamento Participativo (OP) de Porto de Mós e mais de 1200 pessoas votaram. Os resultados serão revelados «ainda este ano», em data a anunciar nos próximos dias, referiu o presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Jorge Vala, em declarações ao nosso jornal.

Jorge Vala diz-se satisfeito com a adesão ao projeto, agradecendo ainda a todos os que estiveram envolvidos na sua realização. De acordo com o autarca, este processo é «o mais democrático que pode haver», uma vez que são os próprios munícipes a criar e a votar nas medidas que desejam ver implementadas.

No dia em que for conhecido o vencedor deste ano, será inaugurado também o projeto escolhido no ano passado: o Pavilhão de Mira de Aire. Jorge Vala adiantou que vai convidar a secretária de Estado da Educação, Inês Ramires, para estar presente na inauguração, uma vez que a governante já havia mostrado interesse em visitar Mira de Aire.

O presidente do Município afirma que o OP é para continuar e deixa em aberto a possibilidade de «no futuro, eventualmente, reforçar os valores». Quanto aos projetos que não ganharam, ainda existe esperança, o autarca adianta que «as boas propostas podem ser abraçadas pelo executivo para depois se concretizarem», e por isso existe a possibilidade de, no próximo ano, serem realizados dois projetos simultaneamente, ainda que um deles, fora do âmbito do OP.