Este ano, houve 2 316 votos nas propostas do Orçamento Participativo de Porto de Mós (OP), um aumento relativamente ao número de votos do ano anterior. O número foi apresentado pelo vereador da Câmara Municipal responsável pelo processo, Marco Lopes, que se mostrou satisfeito com a participação dos munícipes. «Temos sentido evolução na parte da votação e sentimos que as pessoas estão a participar mais», sublinhou. A votação presencial decorreu nas várias freguesias, em dias e horas definidas e o local que reuniu um maior número de votos foi a sede da Junta do Juncal, revelou o vereador em declarações a O Portomosense. A população pôde ainda votar online na página oficial do OP e através de SMS, esta última modalidade foi a novidade introduzida e acabou «por ser a mais utilizada», frisou Marco Lopes. «No início existiram algumas complicações e as pessoas não recebiam a confirmação da sua votação, apesar desta ter ficado registada, mas o problema acabou por ficar solucionado», adiantou.

Ainda que o balanço de mais uma edição do OP seja «positivo», Marco Lopes considera que «apostar na divulgação» nos próximos anos, «poderá ser importante para aumentar o número de votantes».

O OP 2022, começou a ser discutido em março, momento em que foram apresentadas as propostas e passou ainda por mais três fases, a de análise técnica, a fase de reclamações e finalmente a fase de votações, que terminou no final do mês passado. Incentivar a participação dos cidadãos em projetos de interesse comum para o concelho é um dos objetivos do OP, que este ano teve seis propostas a votação, num total de 14, nomeadamente: Reabilitação do recreio da antiga Escola Primária dos Casais dos Vales; Parque de Merendas e Lazer do Juncal; Calvaria de Cima – Reabilitação da envolvência do campo de futebol: Casa-mãe, Balneários, Parque de merendas e Parque de autocaravanas; Polidesportivo Aberto; Requalificação do Miradouro do Vale de São Silvestre; e Construção de Zona Desportiva para a Prática de Padel.

O vencedor do Orçamento Participativo deste ano será anunciado a 7 de novembro, no mesmo dia em que vai ser inaugurada a obra relativa à proposta vencedora do OP 2021: Requalificação do Circuito de Manutenção – Pedreiras, que «ficará concluída no final deste mês, como estava previsto», avançou o presidente do Município, Jorge Vala, na última reunião de Câmara pública, que decorreu no passado dia 6 de outubro.