Início » Médicos de fim de semana no concelho para que façam do concelho morada

Médicos de fim de semana no concelho para que façam do concelho morada

12 Agosto 2023
Jéssica Moás de Sá

Texto

Partilhar

Jéssica Moás de Sá

12 Ago, 2023

Quatro médicas vindas «de várias zonas do país» participaram na iniciativa Aventura em Porto de Mós, a 21 e 22 de julho, promovida pela associação de utentes Ur’Gente, em parceria com o Município. Esta ação, segundo nota divulgada pela autarquia, «pretendeu proporcionar às convidadas um fim de semana inesquecível e também sinalizar Porto de Mós como um local a ter em conta para o exercício da medicina na especialidade de Medicina Geral e Familiar». O Município disse ainda que que irão «certamente existir novas edições».

A Ur’Gente detalhou, também numa nota, que estas médicas foram «recebidas no Castelo», visitaram «a Estrada Romana no Alqueidão da Serra, as Grutas e o Museu do Têxtil em Mira de Aire, fizeram um passeio de bicicleta pela Ecopista na Bezerra e passaram ainda pela Fórnea no Chão das Pias». As médicas assistiram ainda ao Teatro de Rua (na Praça da República em Porto de Mós) e ao concerto Além Fado no Barreiro Grande, em São Bento. A associação de saúde também evidenciou a vontade de repetir esta iniciativa: «Pretendemos afinar esta “operação de simpatia” e convidar mais médicos, de acordo com o perfil que definimos e que julgamos poder ser o melhor para a concretização do nosso objetivo de captar médicos para a nossa unidade de saúde».

USF Aire e Candeeiros poderá ter três polos de saúde

Depois de já ter sido feita uma candidatura para transformar a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Porto de Mós numa Unidade de Saúde Familiar (USF Aire e Candeeiros), agora o impasse tem que ver «com questões de ajustamento dos polos de saúde», pode ler-se na newsletter enviada pela Ur’Gente aos seus associados. Em cima da mesa neste momento, ainda de acordo com esta newsletter, está o seguinte modelo: «A USF ficará com três polos: Porto de Mós (para os utentes de Alqueidão da Serra e Porto de Mós), Mira de Aire (para utentes de Alvados/Alcaria e Mira de Aire) e Serro Ventoso (utentes de São Bento, Arrimal/Mendiga e Serro Ventoso». A Ur’Gente sublinha que «é muito importante que o impasse seja ultrapassado rapidamente », porque se estão a perder «oportunidades para melhorar a saúde no concelho». «Sobretudo estamos fartos de falta de médico e de um atendimento sem qualidade», frisa a associação.

Segundo a Ur’Gente, a USF vai permitir «ter um médico» para atender os utentes, «estabilidade na marcação de consultas», «atendimento eficaz e clinicamente mais seguro», «consultas ao domicílio mais frequentes». Permitirá ainda uma «rede de transporte que leva os utentes das freguesias de Alqueidão da Serra, Mendiga/Arrimal, São Bento, Alcaria/Alvados ao polo correspondente para as consultas programas» e um «balcão SNS24 em São Bento, Alqueidão da Serra, Mendiga/Arrimal e Alvados/ Alcaria, onde os utentes podem pedir receituário e marcar consultas». «Estes balcões serão instalados nos atuais polos ou então nas juntas de freguesia, local que julgamos mais qualificado», informa ainda a associação de defesa dos utentes. Esta é também «uma forma indireta» de «dar alguma viabilidade às farmácias de proximidade do
Alqueidão da Serra e Mendiga/Arrimal».

Publicidade

Este espaço pode ser seu.
Publicidade 300px*600px
Half-Page

Primeira Página

Em Destaque