São 350 médicos especialistas que desde ontem, terça-feira, dia 24, passam a integrar uma rede de apoio ao médico para ajudar a validar doentes com suspeita de Covid-19.

A rede implementada pela Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), através do Gabinete de Informação e Tecnologia, pretende auxiliar a Linha de Apoio ao Médico, em solicitações exclusivamente da região Centro.

A iniciativa, inédita, congrega 178 unidades de Cuidados de Saúde Primários da Administração Regional de Saúde do Centro, nas quais se incluem as Unidades de Saúde Familiar (USF) e as Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP).