Das 27 empresas dos distritos de Leiria e Santarém que participaram na MARMO+MAC 2022, o maior certame internacional da indústria da pedra, seis possuem a sua sede social, pedreiras ou unidades fabris no concelho de Porto de Mós. A feira decorreu em Verona (Itália), de 27 a 30 de setembro, e contou com a presença de 65 empresas portuguesas, a maioria delas a participar com o apoio do projeto conjunto de internacionalização da Associação Portuguesa da Indústria dos Recursos Minerais (ASSIMAGRA), cofinanciado pelo Compete 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do FEDER, sob a marca setorial StonebyPORTUGAL. O stand nacional ocupou uma área total de 1 614 m2, albergando 30 das empresas nacionais presentes. Houve, ainda, outras a participar a título individual.

Nesta 56.ª edição do evento estiveram presentes cerca de 1 000 empresas de todo o mundo. Portugal teve a quarta maior participação no certame atrás de Itália, Turquia e Índia e a par de Espanha.

Num vídeo publicado na sua página de Facebook, a vice-presidente da ASSIMAGRA, Célia Marques, sublinha que esta forte participação nacional, no âmbito do projeto de internacionalização em curso, deixa a associação «muito orgulhosa» e com vontade de «trabalhar mais e melhor ao lado dos associados» e ajudar as empresas a continuarem a crescer, contribuindo para o reforço da presença de Portugal no top 7 mundial das exportações de pedra.

A responsável associativa realça ainda o facto de, apesar de 2022 estar a ser um ano particularmente complicado para a economia mundial, as exportações de rocha ornamental portuguesa continuarem a aumentar, registando-se uma subida de 17% face ao ano passado, que já tinha sido o melhor de sempre.