Sábado, 23 de julho, as Grutas de Mira de Aire vão ser o ponto de partida e de chegada da terceira edição do Limestone Ultra Rail, que congrega três provas de trail com graus de dificuldade distintos. Em conversa com O Portomosense, o diretor de prova, Hélder Costa, presidente da associação Porto de Mós a Correr, explicou que vão existir três provas de corrida a pé pela natureza, «a mais curta, o Trilhos das Grutas e conta com um percurso de aproximadamente 16 quilómetros, depois existe uma intermédia, os Trilhos do Cárcico, por grande parte do seu percurso ser na zona cársica das serras do concelho, esta com 28 quilómetros, e o trail mais longo o Limestone Ultra Trail tem este ano 55 quilómetros».

Hélder Costa adianta que o número total de inscrições na prova (500) esgotou-se rapidamente, pelo que tiveram de ser recusados ainda muitos participantes por já não terem vaga para acolher mais pessoas nos trails, sublinhando ainda que se existissem «mais 100 vagas seriam todas preenchidas». Esta edição conta com «atletas internacionais, de países como Canadá, EUA, Espanha, França e Roménia, o que faz com que a prova comece a ser projetada para fora do país», trazendo além dos atletas, os seus familiares e amigos, considera Hélder Costa.

Em relação às novidades para esta edição, o diretor de prova destaca a distância do trilho mais longo, que foi encurtada de 50 milhas (cerca de 80 quilómetros e meio) para 55 quilómetros e refere ainda que a passagem por novos locais foi outra das alterações feitas nesta nova edição. Cabeço da Fórnea e Cabeço do Sol no Alqueidão da Serra, são os pontos principais adicionados aos percursos. «Este ano convidámos também algumas associações da região, que ficam responsáveis pelo abastecimento, nomeadamente o Grupo Desportivo e Recreativo da Corredoura, o Fuas Bike, o Trilho do Castelejo o Liz Runners, desta forma promovem este tipo de desporto, publicitando ainda os seus eventos», adianta o diretor de prova.

Hélder Costa mostra-se satisfeito pelo número de participantes e pela internacionalização desta terceira edição. Ainda assim, o responsável receia que as temperaturas altas possam pôr em causa a realização da prova, «devido aos incêndios que têm assolado o distrito», salienta.

Com Inês Neto Silva
Revisão | Catarina Correia Martins

Foto | Limestone Ultra Trail