À semelhança daquilo que tem sido feito em anos anteriores, também em 2020 o Município de Porto de Mós decidiu oferecer cabazes sociais a famílias do concelho «em situação de vulnerabilidade social». «Bacalhau, azeite e bolo rei» são apenas alguns dos géneros alimentares que compõem este cabaz social. «Este simples gesto irá possibilitar às famílias mais vulneráveis do concelho a possibilidade de confraternizar uma ceia de Natal condigna», afirma o Município. A distribuição começou a ser feita na passada semana e contou com o apoio de diversas entidades: Conferência São Vicente de Paulo da Calvaria de Cima, Conferência São Vicente de Paulo do Juncal, Conferência São Vicente de Paulo de Porto de Mós, Grupo Sócio Caritativo das Pedreiras, Grupo Sócio Caritativo de Mira de Aire e Juntas de Freguesia para ajudar a «identificar» as famílias necessitadas.