Um dos pontos altos da edição deste ano do Festival Viver, que decorreu de 13 a 15 de setembro junto à Lagoa Grande, de Arrimal, foi a Gala da Educação e do Desporto promovida pelo Município de Porto de Mós.

Na noite de 14 de setembro e perante vasto público foram chamados ao palco cerca de uma centena de alunos e atletas do concelho que se distinguiram ao longo do ano letivo de 2018/2019 e na época desportiva de várias modalidades.

A entrega dos galardões e dos diplomas a perpetuar o reconhecimento municipal foi feita pelo presidente da Câmara, Jorge Vala, acompanhado da Delegada Regional da Educação do Centro, Cristina Oliveira, da presidente da Assembleia Municipal, Clarisse Louro, e dos vereadores Eduardo Amaral, Telma Cruz, Marco Lopes, Rui Marto e Sofia Caetano. Pelo meio houve vários momentos musicais, de declamação e leitura e ginástica, tendo a Gala iniciado e terminado com coreografias de dança protagonizadas por alunos da Escola de Dança DiArtDance, de Porto de Mós.

Assim, depois da primeira coreografia, intervieram o presidente da Câmara e a Delegada Regional. Findos os discursos foram entregues os prémios aos alunos do 1.º Ciclo que mais se evidenciaram no anterior ano letivo. De seguida, Beatriz Monteiro, a vencedora do projeto Crianças ao Palco interpretou o tema Canção do Mar, de Dulce Pontes.

Após a entrega dos galardões aos alunos dos 2.º e 3.º Ciclos, Constança Januário Santo, a vencedora do Concurso Concelhio de Leitura 2019, leu um excerto do livro Homem de Água, de Ivo Rosati e Gabriel Pacheco. Nesta Gala foram também distinguidos alunos que obtiveram boas classificações em projetos e concursos nacionais e regionais. A encerrar esse momento, Rafael Nogueira, o terceiro classificado no Crianças ao Palco, interpretou o tema O Tempo.

Francisco Ferreira Carreira, aluno da Escola Secundária de Porto de Mós e Andreia Nunes Silvério e Filipa Pires Coelho, do Instituto Educativo do Juncal, foram os alunos dos Ensino Secundário e Profissional com as melhores notas a nível concelhio e por isso tiveram também nesta noite a homenagem pública. Francisco Carreira, o aluno com a média mais alta (19 valores) e que ingressou já este ano letivo no curso de Engenharia Física e Tecnológica, no Instituto Superior Técnico, além do galardão e do diploma comum a todos os homenageados, tem ainda um prémio extra: a Câmara irá suportar por inteiro as propinas do seu primeiro ano de faculdade.

O penúltimo momento cultural desta Gala aconteceu pela mão de Letícia Ferreira, a representante do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós no Concurso Nacional de Leitura, que leu Noite de Natal, um texto de Sophia de Mello Breyner Andresen, no ano em que se assinala o centenário do nascimento da autora. Antes de se entrar na entrega dos galardões aos atletas portomosenses que mais se distinguiram, Mariana de Oliveira Cordeiro recebeu um prémio enquanto vencedora do concurso para elaboração do logotipo da Conselho Municipal da Juventude.

Na segunda parte, foram distinguidos dezenas de atletas praticantes das mais diversas modalidades. Começou-se pelos prémios de Desporto Escolar, depois por modalidades coletivas e individuais e houve ainda tempo para premiar quem brilhou em provas mundiais. Pelo meio, o grupo do Instituto Educativo do Juncal que venceu a Missão Continente, apresentou a sua dança. Recorde-se que o projeto defendido por estes jovens foi considerado o melhor na área da sustentabilidade ambiental. No decorrer da entrega atuou ainda do IEJ o grupo de ginástica. A Gala da Educação e do Desporto encerrou, tal como tinha iniciado, com uma coreografia da DiArtDance.