A chegada da Primavera e a celebração da Páscoa foram o mote para o lançamento da mais recente ação da Rosários 4 que, juntamente com a knitwear designer portuguesa Filipa Carneiro, desafia o público a fazer flores em tricô e croché. A iniciativa vai decorrer até à Páscoa e a cada quinta-feira a empresa, com sede em Mira de Aire, irá lançar um projeto de uma nova flor. Ontem, dia 18, foi lançado o projeto dos amores-perfeitos, na próxima quinta-feira, dia 25, será publicado o da lavanda e por último, dia 1 de abril, será disponibilizado o projeto das margaridas. «Cada uma será acompanhada de tutorial explicativo e vídeo com o passo a passo, preparado por Filipa Carneiro», refere a Rosários 4, numa nota de imprensa.

O objetivo desta iniciativa é não só desafiar o público a executar as flores, recorrendo ao tricô ou ao croché, como também incentivar as pessoas a partilharem «sugestões de aplicação» de cada uma das flores. «As flores podem ser transformadas em quadros, acessórios, postais de Páscoa ou para decorar o saco do folar – mas estas são apenas algumas das muitas aplicações que podem ter», ressalva a empresa, admitindo que está a contar com a «criatividade do público» para acrescentar «valor» a este projeto. Para quem estiver interessado em realizar este desafio, os tutoriais em PDF ficam disponíveis, de forma gratuita, no site da Rosários 4, ou ir ao canal de Youtube da designer onde poderá ver os vídeos.

À semelhança daquilo que aconteceu no Natal, também agora a Rosários 4 lança a sugestão que os trabalhos feitos possam ser oferecidos a amigos e familiares com quem, por causa da pandemia, não se possa estar presencialmente. «Convidamos a fazer flores para enviar às madrinhas no domingo que antecede a Páscoa, como é tradição em algumas zonas do país; a decorar os presentes para os afilhados, no dia de Páscoa, ou até mesmo o saquinho do delicioso folar», sugere a mesma nota.