A previsão é de que no próximo dia 18 de fevereiro termine a grande empreitada da antiga Central Termoelétrica de Porto de Mós. No entanto, e de acordo com declarações do presidente de Câmara ao nosso jornal, o edifício não ficará logo pronto a usar, uma vez que está ainda a ser feito «o layout interior para o espaço expositivo e para acomodar os vários serviços que ali vão estar» e falta ainda adquirir o mobiliário. «Não estamos com pressa, vamos concluir a empreitada, depois andar com este processo e esperemos que tudo fique concluído nos próximos tempos», afirmou. O autarca disse ainda que é para si «uma satisfação e um gosto imenso poder concluir uma obra com esta dimensão», que está «quase concluída e paga» e que vai poder ser utilizada pela população, «que é o grande objetivo destes equipamentos».