Foi aprovado em reunião de Câmara o Plano de Segurança e Saúde que permite o início das obras da Área de Localização Empresarial (ALE) de Porto de Mós. «Temos tudo para que a empresa inicie as obras esta semana depois de termos recebido, finalmente, o visto do Tribunal de Contas sem qualquer observação», afirmou o presidente da Câmara, Jorge Vala. O autarca frisou que esta é «uma obra importante» que o Executivo queria ter «iniciado há mais tempo»: «Por várias contrariedades, sobretudo do ponto de vista administrativo e burocrático, não foi possível».

Jorge Vala espera que a «empresa consiga fazer esta obra o mais rápido possível»: «É uma obra de 16 meses que vamos tentar que seja feita ainda em menos prazo», é a expectativa do presidente de Câmara. O vereador da oposição, Rui Marto, diz estar «tão satisfeito» quanto o presidente de Câmara pelo avançar desta obra.