O ano de 2019 terminou em beleza para o criador de aves exóticas, Fernando Vieira, e o de 2020 também não começou nada mal. De outubro a dezembro do ano passado, o criador natural de Serro Ventoso participou em importantes encontros ornitológicos em Portugal e Espanha, de onde, quase sempre, os seus papagaios saíram premiados.

Assim, em outubro em Espanha, no VI Concurso de Alqueria (província de Granada), conseguiu dois primeiros lugares, um segundo e um terceiro e ainda o prémio para a melhor ave em exposição. No mesmo dia em que terminou a exposição em Alqueria, começou em Vila Franca de Xira, outro evento internacional, a prestigiada Avixira, um dos maiores eventos ornitológicos organizados em Portugal, e onde, desta vez, Fernando Vieira, com outras aves, conseguiu maisdois primeiros lugares. Ainda nesse mês, nas Caldas da Rainha, obteve mais dois primeiros lugares. Em dezembro, outra participação, desta feita em Azambuja (Aveiras de Cima) e mais três primeiros lugares, um segundo e um terceiro lugares e o prémio de melhor ave da exposição.

Ano novo, nova vitória. De 24 a 26 de janeiro decorreu em Matosinhos, o 68.º Campeonato Mundial de Ornitologia, promovido pela Confederação Ornitológica Mundial, e de lá, Fernando Vieira trouxe dois primeiros lugares e três segundos. O criador portomosense participou nas diversas competições com papagaios amazonas aestiva e papagaios cinzentos (psitacus eritacus).