Pedro Solá (foto: José Roque)

Depois do afastamento de Miguel Pinto do comando técnico da equipa do Portomosense, Pedro Solá irá assumir o cargo. Em declarações ao nosso jornal, o agora ex-treinador do Portomosense explicou que os motivos para a sua rescisão não estão relacionados com «resultados», mas sim com «questões entre direção e balneário», que Miguel Pinto prefere não partilhar. O treinador que chegou ao clube de Porto de Mós o ano passado, faz «um balanço» positivo, lembrando que em 27 jogos o Portomosense saiu derrotado apenas por cinco vezes, conseguindo, no ano passado, «o objetivo da manutenção».

Pedro Solá, treinador de 41 anos, já passou por vários clubes, entre eles o CCR Alqueidão da Serra e o AC Marinhense. O novo técnico chega ao comando do Portomosense com o objetivo «de ganhar jogo a jogo e tentar atingir a melhor classificação possível», explicou-nos também. Pedro Solá garante que «foi fácil aceitar o convite» dado o «historial do clube» e diz que na reunião que teve com a direção, percebeu que os objetivos são «estabilizar o clube e torná-lo novamente grandioso», com um «projeto bem sustentado e bem pensado». O novo técnico promete a todos os sócios e simpatizantes, «dedicação, paixão e muito trabalho a representar as cores do Portomosense».