A Associação de Armadores e Pescadores da Nazaré pediu ao Governo que intensifique o controlo aos preços do pescado, alertando para a quebra de rendimento na pesca artesanal e os riscos de paragem da atividade, devido à pandemia de covid-19.

O presidente da Associação de Armadores e Pescadores da Nazaré, Joaquim Zarro, disse hoje à agência Lusa que a saída das pequenas embarcações “está cada vez mais condicionada”, com muitos pescadores “com medo de ir ao mar, correndo riscos de ser infetados, por uma atividade cada vez menos compensatória”.

Em causa está “a descida dos preços ao pescador”, embora “nos supermercados os preços estejam a aumentar”, explicou o responsável pela associação, que enviou ao Ministério do Mar uma carta a solicitar um pacote de medidas de apoio à pesca artesanal.